Prédio que compõe a reitoria da UPE terá nome de professor da Poli como homenagem póstuma

O Conselho Universitário (CONSUN) da Universidade de Pernambuco aprovou por unanimidade a indicação do nome do professor Béda Barkokébas Júnior para o bloco D da reitoria da UPE.

Professor de Engenharia Civil da Escola Politécnica da Universidade de Pernambuco (Poli-UPE), Béda Barkokébas Junior faleceu no dia 24 de janeiro, aos 63 anos. 

Membro da Academia Pernambucana de Ciência (APC), lecionava como professor associado da Poli-UPE, era ainda professor adjunto da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) e professor permanente do mestrado em Construção Civil da UPE.

Foi como pró-reitor de Planejamento da UPE nas gestões dos ex-reitores da instituição Emanuel Dias (1999-2002/2003-2006) e Carlos Calado (2007-2010/2011-2014) que Barkokébas coordenou a construção do edifício que agora levará seu nome. Ele também esteve à frente da expansão estrutural dos campi da universidade no interior do estado.

Barkobébas graduou-se em Engenharia Civil pela UPE. Fez mestrado na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Possuía, ainda, doutorado em Engenharia Rodoviária e pós-doutorado pela Universidade Politécnica da Catalunya, em Barcelona, na Espanha.

Foi líder do grupo de pesquisa “Ergonomia, Higiene e Segurança do Trabalho”, registrado no CNPq e coordenador do Laboratório de Segurança e Higiene do Trabalho (NSHT) da UPE. Atuou também como consultor ad hoc do CNPq e do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de Pernambuco (Sinduscon-PE).

Membro da Academia Pernambucana de Ciência (APC), o docente desenvolveu pesquisas nas áreas de gestão de segurança e saúde do trabalho; segurança e saúde do trabalho na construção civil; segurança e saúde no trabalho, procedimentos e componentes de construção; ergonomia; higiene ocupacional; riscos elétricos; segurança no lar.